Como estudar de maneira mais inteligente

Muitos alunos percebem que seus hábitos de estudo no ensino médio não são muito eficazes na faculdade. Isso é compreensível, pois a faculdade é bem diferente do ensino médio. 

Você já sentiu que seus hábitos de estudo simplesmente não estão dando certo? Você se pergunta o que poderia estar fazendo para ter um melhor desempenho nas redações do enem por exemplo?

Os professores se envolvem menos pessoalmente, as aulas são maiores, as provas valem mais, a leitura é mais intensa e as aulas são muito mais rigorosas. 

Isso não significa que haja algo de errado com você; significa apenas que você precisa aprender algumas habilidades de estudo mais eficazes. Felizmente, existem muitas estratégias de estudo ativas e eficazes que vão te ajudar a estudar de maneira mais inteligente.

Continue lendo para conferir dicas que separamos para você estudar de maneira mais inteligente.

Ler não é estudar

Ideias para estudos ativos incluem:

  • Crie um guia de estudo por tópico. Formule perguntas e problemas e escreva respostas completas. Crie seu próprio questionário.
  • Torne-se um professor. Diga às informações em voz alta com suas próprias palavras, como se você fosse o instrutor e estivesse ensinando os conceitos para uma classe.
  • Extraia exemplos que se relacionem com suas próprias experiências.
  • Desenvolva símbolos que representam conceitos.
  • Para aulas técnicas, trabalhe os problemas e explique as etapas e por que funcionam.
  • Estudo em termos de pergunta, evidência e conclusão: Qual é a pergunta feita pelo instrutor / autor? Qual é a evidência que eles apresentam? Qual é a conclusão?

Organização e planejamento de estudo o ajudarão a estudar ativamente para seus cursos. Ao estudar para um teste, organize seus materiais primeiro e, em seguida, comece sua revisão ativa por tópico. 

Frequentemente, os professores fornecem subtópicos nos programas. Use-os como um guia para ajudar a organizar seus materiais. 

Entenda o ciclo de estudos 

Divide as diferentes partes do estudo: prever, assistir às aulas, revisar, estudar e verificar sua compreensão. Embora cada etapa possa parecer óbvia à primeira vista, com muita frequência os alunos tentam pegar atalhos e perder oportunidades de um bom aprendizado. 

Por exemplo, você pode pular uma leitura antes da aula porque o professor cobre o mesmo material em aula; fazer isso perde uma oportunidade importante de aprender em diferentes modos (leitura e escuta) e de se beneficiar da repetição e da prática distribuída, que você obterá tanto lendo antes quanto assistindo às aulas. 

Compreender a importância de todos os estágios deste ciclo ajudará a garantir que você não perca oportunidades de aprender com eficácia.

Use o espaçamento 

Espaçando seu estudo em vários curtos períodos de tempo ao longo de vários dias e semanas. A prática mais eficaz é trabalhar um curto período de tempo em cada aula todos os dias. 

A quantidade total de tempo gasto estudando será o mesmo (ou menos) do que uma ou duas sessões de maratona na biblioteca, mas você aprenderá as informações mais profundamente e reter muito mais a longo prazo – o que o ajudará a obter um A no final. 

O importante é como você usa seu tempo de estudo, não quanto tempo você estuda. Longas sessões de estudo levam à falta de concentração e, portanto, à falta de aprendizado e retenção.

Para distribuir os estudos em curtos períodos de tempo por vários dias e semanas, você precisa controlar sua programação. Manter uma lista de tarefas a serem concluídas diariamente o ajudará a incluir sessões regulares de estudo ativo para cada classe. Tente fazer algo para cada classe todos os dias. Seja específico e realista em relação ao tempo que planeja gastar em cada tarefa – você não deve ter mais tarefas em sua lista do que pode razoavelmente completar durante o dia.

Use o tempo a seu favor 

Cuidado com as semanas “fáceis”. Esta é a calmaria antes da tempestade. Semanas de trabalho mais leves são um ótimo momento para avançar no trabalho ou para iniciar projetos longos. Use as horas extras para avançar nas tarefas ou iniciar grandes projetos ou trabalhos. 

Você deve planejar trabalhar em todas as aulas todas as semanas, mesmo que não tenha nada para entregar. Na verdade, é preferível fazer algum trabalho para cada uma de suas aulas todos os dias. 

Gastar 30 minutos por aula todos os dias somará três horas por semana, mas distribuir esse tempo por seis dias é mais eficaz do que acumular tudo durante uma longa sessão de três horas. Se você concluiu todo o trabalho de uma classe específica, use os 30 minutos para avançar ou iniciar um projeto mais longo.

Conclusão

Com essas dicas você vai estudar de maneira inteligente e vai conseguir atingir o seu objetivo final. Gostou do artigo ou tem novas sugestões de temas? Deixe aqui nos comentários. 

Sugestão de imagem: