Losango e Leroy Merlin terão que explicar por que negando crédito

Foi divulgado nesta semana que o banco Losango e a varejista de material para construção Leroy Merlin, terão que dar informações sobre possível negação de crédito para consumidores da loja.

A 6º Vara Empresarial condenou as duas empresas que deverão dar explicações do por que estão negando crédito para clientes.

Já foi informado que não será aceita explicações genéricas como (Politica da empresa, cliente possui baixo score). Caso alguma das empresas não apresentem as respostas aos consumidores, poderá ser multa em até R$ 5 mil por cada reclamação que passar a receber após a condenação.

A maioria das reclamações que as empresas recebem são de falta de explicação por parte dos funcionário para não liberarem o crédito. Os clientes acabam saído das lojas sem saber ao certo por que não tiveram sua carta de crédito aprovada.

Você já é cliente da Losango? Acesse esta página e veja como obter sua fatura Losango.

Explicações dadas

A Leroy Merlin informou nesta semana que não se enquadra nos critérios dados pela Cadastro Positivo. Portanto, não tem a obrigatoriedade de informar ou dar explicações aos clientes sobre o sistema de pontuação utilizado  na aprovação de crédito *Score*.

A Losango por sua vez, informou que utiliza um sistema de classificação de crédito legitimo e que tem total autonomia para geri-lo.

A Juíza Maria Cristina de Brito Lima declarou que é um direito do consumidor receber informações existentes sobre no sistema, principalmente quando a empresa se nega a liberar o crédito, não podendo a empresa informar apenas que se trata de “politica interna da empresa.

Em caso de respostas genéricas como a citada acima, será caracterizado abuso de direito.

Para a juíza, as empresas podem responder por falha na prestação de serviços. Ao prestar qualquer tipo de atividade, as empresas precisam deixar bem claro ao consumido o porque ela se nega a atende-lo.

Fonte: https://www.conjur.com.br/2019-jun-29/justica-rio-condena-empresas-justificar-negativa-credito