Cartão de crédito clonado: O que fazer e como evitar?

Um cartão de crédito clonado é uma grande dor de cabeça. Além disso, pode gerar grandes prejuízos para você, principalmente se o cartão tiver acesso à sua conta bancária.

O que fazer se o seu cartão de crédito for clonado?

Se você teve o seu cartão de crédito clonado, ao perceber, é preciso comunicar com urgência o banco emissor e fazer um boletim de ocorrência, a fim de registrar o ocorrido e tentar recuperar o dinheiro roubado.

A clonagem de cartões tem a sua responsabilidade dada a instituição financeira, pois, é visto como um defeito na prestação do serviço. Nessa situação, o banco deve cancelar a compra que não foi reconhecida pelo cliente e estornar a cobrança, juros e multas e fornecer um outro cartão sem custo nenhum.

Quando o cartão tem chip, fique atento, pois, os bancos alegam que é impossível clonar. Porém, mesmo isso sendo alegado, a responsabilidade ainda continua sendo da instituição financeira.

Como evitar ter o cartão de crédito clonado?

  • Nunca deixe a senha escrita em algum lugar, sempre a memorize;
  • Recuse sempre a ajuda de estranhos ao utilizar caixas eletrônicos;
  • Se o cartão ficar preso no caixa eletrônico, comunique seu banco no exato instante;
  • Tenha um bom antivírus instalado em seu computador, se fizer compras online;
  • Verifique sempre o certificado de segurança antes de fazer uma compra online;
  • Nunca forneça seus dados para ninguém via telefone ou e-mail;
  • Cuidado ao preencher seus dados em cupons para sorteios;
  • Sempre rasgue as faturas do cartão de modo que seus dados não estejam legíveis;
  • Guarde seus cartões em locais que só você tem acesso, infelizmente, muitas clonagens são feitas por pessoas próximas a vítima.

Se você tomar todos esses cuidados, a chance de você ter o seu cartão de crédito clonado chega a quase zero.